Carregando Post...

Demorei pra perceber. Era bem querer

imagem

A vida nem sempre ensina ou dá pistas de quando é hora de insistir ou desistir. Nem tanto de algo, mas sim de alguém. E foi assim com você. De tanto olhar e te querer eu sabia todos os traços marcados e mais leves do seu rosto. Desde o sorriso aberto e escancarado, até o jeito sutil de zombar das minhas palavras atropeladas ou das minhas piadas sem graça. Fui cedendo espaço por espaço do meu coração só pra você entrar e fazer de lá um lar. Achei que era pra ser. Estava na cara que éramos ou seríamos ao menos um bonito e exemplar par. Mas me enganei. Pois só eu amei.

Chorei ao perceber que precisava ensinar pra mim mesma que às vezes não dá pra gente transformar sentimentos de cumplicidade, carinho e parceria em amor. Precisa de mais. Precisa de reciprocidade. E mais uma vez sabia que precisava recomeçar e me desapegar. Viver a fase de luto até não querer saber de você mais. Nem dos planos que fiz muito antes pra nós. Essa minha mania de olhar o presente e já planejar e incluir no meu futuro pessoas que nem sei se amanhã estarão comigo. Mas de tantas erguidas e descidas, acertos e erros, descobri que o tempo é o melhor amigo.

Paciência, menina. Foi o que precisei pra esquecer. Cuidar de mim mesma, pra ocupar o lugar da mente e do coração que antigamente eram morada desse sentimento que eu sentia sozinha. Afinal, não era a primeira vez que de ilusão eu sofria. Podia doer, latejar e correr o risco de querer novamente tentar, mas fui mais forte ao erguer a cabeça e me imaginar sendo feliz com um alguém que eu não precisasse correr atrás e nem tentar adivinhar o que sentia por mim. Ao contrário. Um alguém que fizesse por mim o mesmo que faço por ele: apenas amar e querer ser amado.

Você sabe, menina (o). Não é fácil encerrar uma história que nem começou pra voltar à realidade de que é só você e Deus. De novo. Você se sente um pouco deslocada, vazia, desanimada e até perdida. Mas muitas vezes é assim que numa esquina tem um alguém especial, esperando só por você. Que quando vocês passarem um pelo o outro algo vai chamar a atenção de ambos. Os olhares vão se encontrar e não mais desgrudar. Sabe aquela frase que diz que a gente encontra o amor quando está distraída? Pois é. Antes eu ria dessas palavras e dizia que era tudo mentira, mas paguei minha língua no momento que passei por ele. Um alguém diferente do anterior que machucou minha autoestima e me fez desacreditar um pouco da vida. Daí esse menino apareceu, sorriu e me aqueceu. Quantas ironias da vida pra gente se conhecer. Você, com esse sorriso fácil, coração também marcado e olhar penetrável, me fez te querer e conhecer.

Lembra que eu disse que o tempo é o melhor amigo? Pois é. Muitas vezes a gente culpa e até odeia ele. Porém, se a gente soubesse o quanto ele é valioso e milagroso talvez pararíamos de reclamar e passaríamos a agradecer. Hoje, depois de tantas decepções e "não's", de tantos outros corações, posso dizer: "Demorei pra perceber, mas com você é bem querer".


Comentários

Deixe um Comentário

Posts Recentes

24/Novembro/2017

Se é AMOR, não traz dor

10/Outubro/2017

Ela não endureceu. Ela...

15/Setembro/2017

Relações rasas. Pessoas...

Categorias


Onde estamos ? clique no mapaFechar Mapa

Entre em Contato

Escreva para nós, estamos a sua disposição!

Telefone

(18) 3262-1792

(18) 99665-1279

Email

contato@diariodeumasobrevivente.com.br

Localização

Presidente Bernardes - SP