Carregando Post...

Enquanto os outros eram superfície, você é alma

imagem

Tem pedidos que por mais que a gente repita e refaça todas as noites antes de dormir pra Deus, parece que nunca vão nos alcançar e nos pertencer. A esperança parece ir e voltar, mesmo a gente lutando pra ela ficar. Mas você sabe tão bem quanto eu que muitas vezes é difícil ser mais positivo do que negativo. Muitos obstáculos e (aparentes) atrasos nos fazem duvidar da vida e até de nós mesmos. De Deus.

Infelizmente, somos seres humanos, que de humanos temos bem pouco. Parte de nós é egoísta e tem preguiça de ajudar o outro quando esse outro mais precisa. Porém, o mundo dá voltas. E muitas vezes o topo vira a base, e a gente inverte os papéis e as vantagens. Nem sempre se está por cima. Talvez essa seja uma das graças da vida: a gente nunca sabe quando vai precisar de uma mão, mesmo antes negando ao outro a própria companhia ou atenção.

Já esbarrei e deixei entrar na minha vida tantas pessoas que julguei que iriam ficar, só que depois de um tempo se mostraram outras e partiram sem nem me avisar. Por um tempo achei que a culpa era minha. Que o erro estava em mim. Achei. Mas ainda bem que a mesma vida que me trouxe e depois me tirou essas companhias, foi a mesma que me mostrou que pra ganhar o que é eterno é preciso se desfazer do que é passageiro.

Sabe, a gente pode não escolher por quem vamos gostar e até se apaixonar. Mas enxergamos e temos aquele sexto sentido que nos avisa que por aquela pessoa não vale, e nunca valeu a pena, se descabelar e desesperar. Amor nenhum deve ser atropelo, medo e desespero. Ele deve vir, sim, pra perturbar, mas na essência ele serve pra acalmar e transbordar quem nós já somos. Inteiros, e não meios que passam dia após dia procurando por seus parceiros. Parceria de verdade precisa soar natural pra ser real, e não forçada, rastejada ou implorada.

Esses dias mesmo parei pra pensar em você. O quanto de paz e calmaria você acrescentou na minha vida. Andei tanto pra te encontrar. Passei por falsas amizades e superficiais relacionamentos até a gente se olhar e querer se conhecer até um na vida do outro ficar. Carreguei muitas histórias mal contadas e nem começadas nas costas e no meu coração por tanto tempo que até desacreditei que merecia um amor verdadeiro e intenso. Mas daí você chegou. Sem cantadas ou máscaras. Apenas com seu jeito e sorriso torto, e me fez esquecer de tudo e todos que um dia deram errado pra mim.

O bom de nós dois é que a gente se entende e se sente bem tanto em meio às palavras como em completo silêncio. Pois conforto é estar apenas um ao lado do outro. Com a cabeça deitada no seu colo enquanto assistimos à nossa série preferida e que, entre um episódio e outro, acabo dormindo e desistindo de ir pra cama. Você se tornou meu abrigo e amigo preferido, menino. Já que enquanto todos os outros permaneceram na superfície, você é a alma que abraça e liberta a minha calma. A outra parte boa da vida que tanto me faltava.


Comentários

Deixe um Comentário

Posts Recentes

04/Agosto/2017

De c(oração)

11/Julho/2017

In(dependente)

Categorias


Onde estamos ? clique no mapaFechar Mapa

Entre em Contato

Escreva para nós, estamos a sua disposição!

Telefone

(18) 3262-1792

(18) 99665-1279

Email

contato@diariodeumasobrevivente.com.br

Localização

Presidente Bernardes - SP