Carregando Post...

Já fui encaixe. Hoje sou liberdade

imagem

Não adianta a cor dos olhos ser bonita, se a alma não é. De nada vale andar ao lado, se as mãos continuam longe uma da outra, assim como o coração. Muito menos manter um status de casado ou namorado, se a vontade é estar com outro alguém ou até sozinho. Os olhos enxergam o que está por fora, mas dificilmente o que mora lá dentro.

Ter vergonha de quem se é e engolir e guardar só pra si o que sente é o mesmo que morrer aos poucos, só pra viver para os outros. E o que eles sabem de você ou deles mesmos? Se a vida vai respondendo poucas perguntas antigas nossas e trazendo novas?

Vejo muitos andando pelas ruas com os ombros curvados, a visão focada no chão e uma angústia no coração. A gente pode não viver atrás de grades, mas nos colocamos tantas vezes numa prisão interior, que a única forma de se libertar é se entender, cuidar e parar tanto de se julgar. Não basta os outros que já passaram por nós e deixaram feridas no nosso peito, a gente também vai continuar nessa rotina de se machucar?

Eu era assim. Bem assim. E não me envergonho de assumir meu passado. Se meu presente anda tão diferente e menos vazio e mais inteiro de mim, devo isso ao que já passei e aos ganhos que batia o pé no chão e chamava de “perdas”.

Perdi sim. Perdi a necessidade de ser aceita e comecei a me conhecer. Tenta isso. Tenta ser você. Tenta ser feliz do teu jeito, no teu tempo. Nada que é forçado é nosso. Se precisa se encaixar, não é teu lugar, muito menos teu lar.


Comentários

Deixe um Comentário

Posts Recentes

04/Agosto/2017

De c(oração)

11/Julho/2017

In(dependente)

Categorias


Onde estamos ? clique no mapaFechar Mapa

Entre em Contato

Escreva para nós, estamos a sua disposição!

Telefone

(18) 3262-1792

(18) 99665-1279

Email

contato@diariodeumasobrevivente.com.br

Localização

Presidente Bernardes - SP